O estádio do Maracanã será palco da retomada do futebol brasileiro nesta quinta-feira (18) em meio a pandemia da Covid-19. Após 95 dias de interrupções do Campeonato Carioca, Bangu x Flamengo voltam em campo em uma partida simbólica.

Além da disputa sem torcida, com portões fechados, a partida ao vivo não será transmitida pela TV. Por uma questão contratual entre Flamengo e a Globo sobre os direitos de transmissão, a partida não poderá ser acompanhada pelo torcedor em nenhuma mídia. Como a Globo mantém contrato com o Bangu, também não será possível a transmissão da partida nas redes sociais do Flamengo.

Flamengo foi vencedor do Campeonato Brasileiro 2019 – FOTO: Divulgação

Em nota oficial (leia na íntegra abaixo), a Globo destaca que desde maio tenta acordo com o Flamengo para os direitos dos jogos restantes do campeonato estadual do Rio de Janeiro. Dos 16 clubes que participam do Carioca, apenas o Flamengo não chegou a um acordo em relação a valores.

A situação, no entanto, se desenrola desde o começo do ano. Não à toa, o único jogo do clube carioca exibido pela Globo em 2020 foi contra a Portuguesa, em março, já sem público, pouco antes da paralisação devido a Covid-19. A veiculação, aliás, não envolveu valores comerciais, e deu o direito da Globo exibir o jogo apenas em suas plataformas digitais, como o globoesporte.com.

Como o único acordo que não foi feito com a Globo foi o do Flamengo, as demais partidas do Campeonato Carioca que não envolvam o clube seguem com transmissão normal na emissora. A rodada do próximo domingo (21), entre Vasco x Macaé, por exemplo, será veiculada ao vivo na TV.

Segurança

Vale lembrar que apesar de grandes ligas europeias, como a Premier League, LaLiga e Bundesliga terem retomado suas atividades, o retorno do futebol no Brasil não é consenso entre os clubes. No Carioca, por exemplo, Fluminense e Vasco são contra devido aos riscos de transmissão entre a equipe técnica, jogadores e profissionais da imprensa que estiverem presentes.

Há dúvidas também a respeito dos possíveis impactos para os patrocinadores em um retorno “apressado”. O Rio de Janeiro é o segundo maior estado em número de mortes por Covid-19, totalizando 7.672 óbitos até esta quarta-feira (17).  No último domingo, por exemplo, o clube promoveu a live do Mengão no Maracanã com patrocínio da Brahma. Com apresentação da jornalista Glenda Kozlowski, a live beneficente arrecadou doações para o SOS Favela, projeto capitaneado pelo Viva Rio.

Ainda que indefinido qual será o impacto do retorno do campeonato carioca para as marcas, há quem tenha encontrado uma oportunidade para deixar seu recado. A Cerveja Rio Carioca, por exemplo, usou suas redes sociais para fazer referência ao esquema “mata-mata” do torneio, rebatizado de “Covidão 2020”. A criação é da agência 11:21.